Palpite sobre a final da Copa do Mundo 2010

10 jul

Olá, leitores!

Como ainda nem tinha aparecido por aqui,  me apresento:

Sou a Ciça L., brasileira e carioca, mas queria mesmo é ser inglesa.
Roqueira (também adoro mpb), advogada workaholic, rubro-negra fervorosa e vou escrever sobre futebol e música para vocês!

SIM, eu amo futebol!
Obviamente fico enfurecida quando falam que mulher não entende de futebol…

O ASSUNTO NÃO É EXCLUSIVO DELES!!!

Tanto não é que vou arriscar hoje meu palpite para o jogo de amanhã, embora eu torça para que esteja errado…

Pois bem, Espanha e Holanda disputam nesse domingo a final da Copa do Mundo de 2010.

De fato, a Copa desse ano foi a mais estranha que já assisti…Porque a final de 1998 foi bem louca, mas só foi um jogo!
Essa Copa, ao contrário, foi TODA estranha, mas o jogo final até poderia ser previsto já que são duas grandes seleções…

Quem esperava ver a seleção brasileira como campeã do mundo é tão maluco quanto o rumo que a jabulani toma em chutes de longa distância! A seleção de Dunga teve sorte de conseguir chegar às quartas!

This is the ugly truth! Me desculpem Júlio César, Lúcio, Maicon, Dani Alves, Kaká e Robinho! Amo vcs, um beijo! 

Já a Espanha, “La Furia Roja”, atual campeã da Eurocopa,  foi apontada como franca favorita ao título mundial desde o sorteio das chaves, no final de 2009.
Com um elenco repleto de jogadores do Barcelona, a seleção espanhola teve uma campanha bem complicada e passou um pequeno perrengue para se classificar para a segunda fase da competição.

A seleção do capitão Puyol, autor do único gol da semifinal que eliminou a Alemanha, conta, principalmente, com um dos melhores armadores do mundo, Xavi Hernandez (que bateu aquele escanteio na cabeça de Puyol), os atacantes David Villas e Fernando Torres (decepção, ainda nem marcou gol no Mundial), o gatíssimo Piqué na zaga (sorry, meninas, a foto diz tudo) e o excelente Casillas no gol.

Já na seleção holandesa, que tem torcedores ilustres, os trunfos são Robben no ataque e o meio-campista Sneijder (aqueles dois que acabaram com as esperanças brasileiras no segundo tempo do fatídico jogo das quartas de final), além do também atacante Van Persie. 

A Laranja Mecânica, por quem eu torço, é um time digno, fez uma campanha muito mais consistente do que a Espanha, mas tem um sistema defensivo que eu pessoalmente acho fraco, principalmente perante os espanhóis!

Meu palpite? Vou com o polvo. A Furia ergue a taça por 3×1. Gols de Villa (2), Iniesta e Robben. 

Amanhã eu volto, galera, com o Top MQTT – Melhor e Pior da Copa 2010!

Bises!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: